Artigos

Descendo morro abaixo!

(*) Claudemir Oribe é Mestre em Administração, Consultor e Instrutor de MASP, Ferramentas da Qualidade e Gestão de T&D. E-mail claudemir@qualypro.com.br.

02/07/2018

“Os homens criam as ferramentas. As ferramentas recriam os homens.”
Marshall McLuhan


Todo mundo provavelmente já viu um bom resultado, algo que melhorou sutilmente ou, a olhos vistos. Embora as coisas pareçam ser as mesmas, funcionando do mesmo jeito de sempre, melhorias estão sempre acontecendo em diversos aspectos de nossas vidas. Rápidas ou lentas, incrementais ou radicais, essas melhorias estão sendo idealizadas e realizadas por pessoas como nós, porém inconformadas e empenhadas em encontrar soluções para pequenos e grandes problemas que incomodam ou atrapalham execução de algo. Melhor do que assistir, é ser o protagonista dessas estórias de sucesso, criando experiências que marcam a vida profissional.

Todo indicador de resultado, que foi alvo de uma ação bem sucedida de melhoria, possui um comportamento semelhante e que faz dele um fenômeno típico. Trata-se da curva de média móvel do defeito que, evidentemente, diminui como efeito da melhoria com MASP. Trata-se de uma queda radical e abrupta, com declive muito mais acentuado que qualquer oscilação normal venha a ter. A queda do nível de defeitos não é ocasional, mas uma consequência natural de uma busca estruturada, deliberada e persistente para a compreensão do mecanismo que leva um problema a acontecer, além do isolamento de uma causa fundamental e da busca e implantação de uma ou mais ações otimizadas e que, ao final do trabalho, foram muito eficazes. Embora sorte e acaso possam acontecer, não é com eles que se conta ao iniciar o desafio de resolver um problema de alta complexidade, mas com a determinação e um amparo metodológico poderoso, como é o caso do MASP e das ferramentas da qualidade. 

Outro fenômeno que se obtém do resultado de um projeto bem sucedido de MASP é a queda na variabilidade do processo. A variabilidade é um fenômeno indesejável na grande maioria dos indicadores, pois não se pode obter previsibilidade dos resultados, o que contribui para a insatisfação dos clientes internos e externos da organização.

Baixe o Artigo completo!!! 

Faça o download deste artigo (PDF)

Somente clientes logados podem enviar comentários.

Comentários

Últimos Artigos

Descendo morro abaixo!

02/07/2018

Quando a busca pela melhoria é feita continuamente, o resultado é sempre o mesmo: queda após queda dos problemas.

With a little help from my friends

04/06/2018

Usar consultores para apoiar grupos de melhoria é uma boa alternativa para acelerar o aprendizado e resultados.

Projeto na ótica de um Projeto

03/05/2018

Uma análise dos projetos de melhoria com MASP na ótica do referencial de gerenciamento de projetos do PMBOK.

Causa Raiz: Induzir para Deduzir

04/04/2018

Deduzir soluções sem uma compreensão prévia do problema é como tirar coelhos da cartola. Porém, mágicas são ilusões e não milagres.

Ninguém perguntou!

05/03/2018

Informações e dados preciosos são ignoradas em processos fragmentados e divisões funcionais verticalizadas, ou omitidos pelo medo de que alguém faça algo útil com eles.