Artigos

COMO ESCOLHER O MELHOR MÉTODO DE AVALIAÇÃO PARA CADA TIPO DE TREINAMENTO

ORIBE, Claudemir Y. Tipologia de Treinamentos na Perspectiva Organizacional: uma solução simples, prática e fundamentada para definir o perfil do investimento e escolher o melhor método de avaliação de eficácia em treinamento. In: Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento, 2011. Santos, Anais. São Paulo: ABTD, 2011.

25/07/2016

Resumo

Este artigo propõe uma forma de classificar treinamentos numa ótica não do RH, mas da organização. Isso significa que se os treinamentos forem classificados dentro de critérios gerenciais a empresa compreenderá melhor porquê investe em treinamento, propiciando movimentações estratégicas na gestão do orçamento, segundo o momento organizacional ou competitivo.

Nesse modelo, os treinamentos são de cinco tipos: melhorar resultados da organização, atender requisitos de capacitação, desenvolver comportamentos e atitudes, atualizar conhecimentos e satisfazer preferências das partes interessadas.

Trata-se de uma heurística que, se bem adaptada e aplicada em qualquer organização, permite não apenas usufruir de toda a metodologia de avaliação, tornando o processo mais rico e sofisticado, mas também poupar tempo na escolha do melhor método para cada caso.

Essa tipologia vem sendo desenvolvida, difundida e aplicada desde 2001 em diversas organizações brasileiras e em diferentes contextos, incluindo em certificações de sistemas da Qualidade.

Palavras Chave

Avaliação de treinamento, eficácia, tipologia, taxonomia, resultados em treinamento.

Baixe o artigo completo em PDF.


Faça o download deste artigo (PDF)

Somente clientes logados podem enviar comentários.

Comentários

Últimos Artigos

Descendo morro abaixo!

02/07/2018

Quando a busca pela melhoria é feita continuamente, o resultado é sempre o mesmo: queda após queda dos problemas.

With a little help from my friends

04/06/2018

Usar consultores para apoiar grupos de melhoria é uma boa alternativa para acelerar o aprendizado e resultados.

Projeto na ótica de um Projeto

03/05/2018

Uma análise dos projetos de melhoria com MASP na ótica do referencial de gerenciamento de projetos do PMBOK.

Causa Raiz: Induzir para Deduzir

04/04/2018

Deduzir soluções sem uma compreensão prévia do problema é como tirar coelhos da cartola. Porém, mágicas são ilusões e não milagres.

Ninguém perguntou!

05/03/2018

Informações e dados preciosos são ignoradas em processos fragmentados e divisões funcionais verticalizadas, ou omitidos pelo medo de que alguém faça algo útil com eles.